|  |  | 

Sabor em pauta talheres

Dias internacional da cerveja: com mais de 100 tipos disponíveis, elas agradam a todos os paladares

[caption id="attachment_2763" align="aligncenter" width="640"]Foto: Divulgação Foto: Divulgação[/caption]

Sexta-feira é sempre um ótimo dia para juntar os amigos e confraternizar tomando uma cerveja. Na próxima sexta, 05 de agosto, não irá faltar motivo para isso, já que no dia é comemorado o Dia Internacional da Cerveja.

 Celebrado em mais de 50 países, a data foi criada em 2007 por Jesse Avshalomov e Evan Hamilton, dois amigos da Califórnia (EUA), com o propósito de “unir o mundo para celebrar a cerveja”. Os criadores desejavam um dia para comemorar a bebida que fosse tão famoso quanto o de Sant Patrick e foram de bar em bar, na cidade de São Francisco, convidando a todos para a celebração.

 Elas estão disponíveis em um número cada vez maior de sabores, intensidade e combinações. O que muitos dos amadores da bebida que alegra os happy hours não imaginam é o processo que existe antes das cervejas chegarem às mesas dos bares.

Previamente ao processo de fabricação existe um estudo sobre o estilo da bebida que se deseja produzir. “Elaboramos uma receita e escolhemos os insumos respeitando as características do estilo escolhido. Só depois partirmos para a produção em escala industrial”, explica Rodrigo Silveira, empresário e micro-cervejeiro.

Na hora de escolher os ingredientes, os mestres cervejeiros levam em consideração o estilo da cerveja a ser confeccionada, considerando o resultado que se quer no produto final. De acordo com Silveira, a base da cerveja é sempre a mesma (água, malte, lúpulo e fermento), os outros ingredientes vão de acordo com o estilo. “Por exemplo: na nossa Invicta Imperial Stout queríamos notas de baunilha, colocamos então extrato natural de baunilha. Outro exemplo pode ser na invicta Wit bier, com notas cítricas, que colocamos casca de limão cravo”.

É justamente esse cuidado no processo e a qualidade dos produtos utilizados que transforma uma cerveja em gourmet, ou artesanal. O desenvolvimento da bebida (receita e registro) dura, em média, entre seis meses e um ano. O tempo médio de produção para cada receita é de 25 dias. “Quando escolhemos algum ingrediente diferenciado, fazemos um teste para ver como o mesmo se comporta. As vezes por pura infusão em água, e outras em pequenos lotes caseiros de cerveja”, conta o micro-cervejeiro.

O teor alcoólico da bebida também influencia em seu sabor. São mais de 100 estilos de cervejas catalogadas pelas Diretrizes de Estilo para Cerveja do Beer Judge Certification Program. “Neste catalogo consta a faixa de teor alcoólico de cada estilo, o que fazemos é seguir a risca o padrão”.

Depois da cerveja pronta e escolhida, cabe ao degustador combinar o aperitivo que irá acompanhá-la. A dica de Silveira é optar por petiscos mais leves para enquanto se saboreia cervejas menos encorpadas e deixar os mais gordurosos e com mais intensidade de sabor para as bebidas mais pesadas.

Fale Conosco

(16) 3443-7805
contato@alecrimvip.com.br

O Portal Alecrim é um espaço online voltado ao entretenimento. Em seu conteúdo estão novidades, curiosidades e o que há de mais interessante nos segmentos de moda, beleza, gastronomia, música e cultura, estilo de vida e eventos.

Portal Alecrim © 2016 | Todos os direitos reservados.