|  |  | 

Entre Elas Moda

Ombros a mostra: blusas no estilo ciganinha têm destaque na estação

[caption id="attachment_1351" align="aligncenter" width="750"]Foto: Divulgação Foto: Divulgação[/caption]

O outono chegou, mas os cortes que deixam ombros e colo em evidência não saíram de moda. Chamados de ombro a ombro, ou efeito de ombro caído, eles seguem durante o inverno e no verão 2016/2017. “Muitas dessas blusas acompanham mangas no estilo cigana, as mangas flares e agora também as mangas curtas e três quartos com a mesma proposta”, explica a estilista Roberta Rosolen.

Portal AlecrimEste tipo de blusa é bastante democrático e pode ser usado por mulheres com diferentes biótipos, porém, a estilista alerta que esta moda teve início nos anos 70 e não deve durar mais que essas duas estações. “Mulheres com muito seios precisam tomar algum cuidado, pois se esta peça tiver babados, bordados ou qualquer aplicação na altura do busto vai aumentar este volume. Então o ideal é usar os modelos somente com elástico no ombro”.

Para combinar, uma boa opção são as peças mais “secas” na parte de baixo, por se tratar de uma blusa mais larga, no estilo “batinha”. “Esta é uma dica geral para a mulher brasileira, mas no caso de alguém alta, um vestido longo ombro a ombro, ou uma saia longa também ficam basta interessantes”. Outra dica da estilista é em relação as cores, para a estação de outono/inverno, por exemplo, ela indica os tons de bordô, preto, marinho, rosé e off White.

Portal AlecrimO modelo é bastante despojado e bastante indicado para os momentos do dia a dia, mas pode caber em ocasiões mais formais, o que irá determinar é o tecido com o qual a peça é confeccionada. “Uma blusa deste modelo feita em tecido plano, off white trabalhada com renda gripir, usada com uma calça acetinada justa e um sapato meia pata prata ou ouro envelhecido põem ficar muito elegantes para um jantar ou um coquetel”, ensina a estilista.

Acessórios

Como este modelo tem recorte longo, que vai de ombro a ombro, requer acessórios que se contraponham, por exemplo, um colar comprido, que lembre franjas (outra vedete do momento), ou correntes na cor bronze. “O ideal é que o caimento desses colares cheguem até um quatro dedos acima do umbigo. As mulheres podem apostar em peças em prata, bronze, dourado, ou em prérolas”.

Fale Conosco

(16) 3443-7805
contato@alecrimvip.com.br

O Portal Alecrim é um espaço online voltado ao entretenimento. Em seu conteúdo estão novidades, curiosidades e o que há de mais interessante nos segmentos de moda, beleza, gastronomia, música e cultura, estilo de vida e eventos.

Portal Alecrim © 2016 | Todos os direitos reservados.